Formação profissional: capacitação se torna cada vez mais importante para colocação profissional

Capacitação para engenheiros

Uma análise realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) revela que a maioria dos profissionais com formação em engenharia (58%) no Brasil não trabalha como engenheiro.

O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e exige que os profissionais estejam cada vez mais capacitados e preparados para a nova dinâmica do mercado.

O levantamento realizado com base em estatísticas do Ministério da Educação e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) aponta que dos 680.526 engenheiros empregados, apenas 286.302 (42%) trabalham na área de formação.

Qual a situação em cada região do país?

A região Sudeste abriga a maior parte (65%) dos profissionais que atuam na engenharia. O restante está distribuído da seguinte forma: 14% na região Sul, 13% no Nordeste, 5% no Centro-Oeste e 3% na região Norte. Do total de ocupados com engenharia, 54% estão no setor da indústria (construção, transformação e extrativa), que atrai 153.341 profissionais.

É fundamental que os estudantes busquem o aperfeiçoamento profissional e a elevação de seus conceitos teóricos para aliar a teoria e prática no exercício de sua atividade.
É fundamental que os estudantes busquem o aperfeiçoamento profissional e a elevação de seus conceitos teóricos para aliar a teoria e prática no exercício de sua atividade.

 

Os dados preocupam o setor produtivo, porque os engenheiros são os profissionais que levam a inovação e a competitividade para as empresas. A CNI defende mudanças nas ementas dos cursos de engenharia. Uma das sugestões é a inclusão de disciplinas no currículo de experiências práticas para que haja uma aderência do ensino às demandas da indústria.

 

O que está faltando na formação dos Engenheiros em nosso país?

Com base nesta pesquisa, pode-se constatar que há uma carência de conhecimento mais aprofundado das necessidades e competências para desenvolvimento e ação em ambientes competitivos.

Disciplinas voltadas à gestão, em especial ao gerenciamento de projetos, são de suma importância aos engenheiros.

 

Qual a solução?

Segundo a revista Mundo Project Management (Mundo PM), uma boa fonte de educação sobre gerenciamento de projetos são os seminários e workshops oferecidos por especialistas, além do Project Management Institute – PMI® (organização que visa disseminar as melhores práticas de gerenciamento de projetos em todo o mundo), periódicos científicos, livros didáticos e revistas especializadas.

Quando falamos em Gerenciamento de Projetos, a forma de ensino na graduação de importantes instituições de nível superior foi modificada para atender melhor ao mercado, uma vez que, anteriormente, estas disciplinas eram consideradas superficiais, como foi o caso da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e Universidade de São Paulo (USP).

A reformulação do ensino destas escolas passou pela adoção de um método com linguagem mais compreensível, exemplos detalhadamente explicados, casos que propiciam discussão, além de proposição de instrumentos e ferramentas que colocam em ação as melhores práticas definidas pelo PMBOK®.

Entender sobre caminho crítico de projetos e sobre finanças, liderança, comunicação, visão estratégica, criatividade, coragem, capacidade analítica, ter foco comercial e entender o nuances jurídicas como termos, cláusulas direitos e obrigações, são consideradas competências básicas para quem pretende atuar como gerente de projetos.

 

Capacite-se!

Conciliar teoria e prática tem sido um desafio para diversas áreas de aplicação de conhecimento, e com o gerenciamento de projetos não é diferente. O importante é buscar sempre o aperfeiçoamento profissional e a elevação de seus conceitos teóricos para aliar a teoria e prática no exercício de sua atividade.

Os cursos de curta duração, que são uma tendência para a educação e negócios em todas as indústrias, mostram-se como uma excelente alternativa para os engenheiros, pois permitem que os conteúdos sejam aprendidos de forma rápida e orientada às necessidades exclusivas do aluno ou profissional.

Outra tendência do mundo está nas capacitações online, que permitem interação entre professores, empresas e alunos de diferentes partes do país, ou mesmo de diferentes partes do mundo.

E você, está comprometido com sua capacitação?

Aproveite os e-Books gratuitos que temos em nosso blog e esteja sempre atualizado.

eBook Gerenciamento de Projetos de construção

eBook orçamentação de Obras

 

 

 

Publicada em 22/11/2016 / Atualizado em 13/02/2019

Deixe uma resposta